Blogagem coletiva: nossas 5 melhores viagens em família

O pessoal do grupo Viagens em Família, no Facebook, está propondo essa “blogagem” em massa, pra todo mundo compartilhar suas melhores experiências de viagem com a trupe completa.

Seguem aqui, então, os cinco momentos mais inesquecíveis de nossas vidas viajantes!

 

1) Walt Disney World (Orlando)

É o destino “família” por excelência, já fomos 3 vezes com o Dudu e esperamos voltar mais algumas. Este ano vamos à Disneyland Paris, mas ainda tenho a impressão de que o verdadeiro mundo mágico fica na Flórida…

Aqui no blog tem um monte de posts sobre nossas aventuras nas terras do Mickey Mouse. Se quiser bisbilhotar, clique aqui.

Cada vez que levamos o Dudu à Disney, é uma viagem inteiramente diferente. Essa é a magia Disney...
Cada vez que levamos o Dudu à Disney, é uma viagem inteiramente diferente. Essa é a magia Disney…

2) Turks and Caicos (Caribe)

O resort all inclusive Beaches, em Turks and Caicos, é a coisa mais próxima do paraíso que minha mente pode imaginar. A semana que passamos lá foi perfeita em todos os sentidos. Eu conto como foi neste post e também neste.

DSC04862
Férias inesquecíveis no Caribe

 

3) Londres

A capital britânica é um lugar perfeito para visitar com as crianças. Além de inúmeras atrações, parques e museus incríveis, um zoológico fantástico, a loja de brinquedos mais linda que eu conheço e um sistema de transporte impecável, ainda encontramos um povo simpático e disponível para acolher os pequenos com carinho. Todos os restaurantes que visitamos tinham menu infantil (ou fizeram alguma adaptação neste sentido). Todos os museus são gratuitos (exceto o Madame Tussauds). Enfim, passamos uma semana por lá e voltamos com a sensação de que ainda faltou muita coisa pra curtir!

Dudu curtiu demais os museus de Londres, cheios de atividades interativas para as crianças
Dudu curtiu demais os museus de Londres, cheios de atividades interativas para as crianças

4) São Paulo

Parece engraçado incluir Sampa nesta lista, mas a verdade é que a gente adora essa cidade cheia de atrativos culturais. O Museu do Futebol , o Espaço Catavento e o Museu da Língua Portuguesa já valem o passeio, sem contar a oferta infinita de opções gastronômicas e artísticas. Vale à pena abrir o coração para São Paulo!

Dudu e sua amiga Carol, na Exposição Escher, no Shopping Iguatemi
Dudu e sua amiga Carol, na Exposição Escher, no Shopping Iguatemi

5) Teresópolis

Bem, Terê quase não conta como viagem pra nós… Afinal meus pais têm casa lá desde que o mundo é mundo. Mesmo assim, nós somos tão apaixonados por nosso refúgio serrano que não poderíamos deixar de citá-lo nesta lista. Terê é um lugar pra encontrar sossego e natureza, sem ser muito “meio do mato”. A exuberância do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, com bons restaurantes (veja aqui meus preferidos) e comércio acessível. Bem ao meu estilo…

Natureza, ar puro, família reunida e campo de futebol. Precisa mais?
Natureza, ar puro, família reunida e campo de futebol. Precisa mais?

 

Se você quiser conhecer as viagens favoritas de outras famílias blogueiras, segue aqui a lista dos participantes desta farra coletiva:

 

1 – Felipe, o pequeno viajante – Claudia Rodrigues – http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2015/02/melhores-viagens-em-familia.html#more

 

2- Bebê Piccolo – Kelly Resende: http://bebepiccolo.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores.html

 

3- Viagens que Sonhamos – Francine Agnoletto

http://www.viagensquesonhamos.com.br/2015/02/5-destinos-para-viajar-em-familia.html

 

4- Mosaicos do Sul – Claudia Bins – http://mosaicosdosul.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores.html

 

5 – Viajando com Pimpolhos – Sut-Mie Guibert: http://viajandocompimpolhos.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-5-melhores-viagens-em-familia/

 

6 – Vida de Turista – Thiago Busarello – http://www.vidadeturista.com/artigos/5-melhores-viagens-em-familia.html

 

7 – Gosto e Pronto – Debora Segnini http://www.gostoepronto.com/2015/02/as-nossas-5-melhores-viagens-em-familia/

 

8 – Viajando com Palavras – Thyl Guerra: http://viajandocompalavras.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-melhores-viagens-familia/

 

9 – Viajando em Família – Débora Galizia: http://viajandoemfamilia.com.br/as-cinco-melhores-viagens-em-familia-cruzeiro-disney-orlando-cancun-california-e-paris/

 

10 – Trilhas e Cantos – Liliane Inglez – http://trilhasecantos.blogspot.com.br/2015/02/as-melhores-viagens-em-familia.html

 

11 – Pezinho na Estrada – Anna Karla Moura Ramos – http://pezinhonaestrada.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-top-five/

 

12- Mamãe Tagarela – As Melhores Viagens de Pititico – http://www.mamaetagarela.com/as-melhores-viagens-de-pititico/

 

13  – Brasileiros Mundo Afora – Família Bömmels – http://www.brasileiros-mundo-afora.com/2015/02/as-melhores-viagens-em-familia.html

 

14 – Minha pele é melhor que a sua –  http://minhapeleemelhorqueasua.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-nossas-5-melhores.html

 

15 – Ir, ver e viver o mundo – Cláudia Cruz – http://irvereviver.blogspot.com/2015/02/6-blogagem-coletiva-as-3-melhores.html

 

16 – Eu viajo com Meus Filhos – Patricia Papp http://viajocomfilhos.com.br/2015/02/nossas-5-melhores-viagens-em-familia-blogagem-coletiva/

 

17 – It Babies– Valeria Beirouth http://itbabies.net/2015/02/22/blogagem-coletiva-top-4-das-melhores-viagens-da-nossa-familia/

 

18 – Viagem Simplesmente – Susana Spotti – http://viagemsimplesmente.blogspot.com.br/2015/02/5-melhores-viagens-em-familia.html

 

19 – Registros de uma Mãe Carioca – Claudia Cosentino – http://registrosdeumamaecarioca.blogspot.com.br/2015/02/nossas-5-melhores-viagens-em-familia.html

 

20 – Mala Inquieta – Renata Luppi http://www.malainquieta.com.br/blogagem-coletiva-nossas-melhores-viagens-em-familia/

 

21 – Baianos no Polo Norte – Livi Souza http://baianosnopolonorte.com/blogosfera/5-melhores-viagens-da-nossa-familia/

 

22- Andreza Dica & Indica Disney – Andreza Trivillin – http://www.andrezadicaeindicadisney.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-melhores-viagens-em-familia.html

 

23- Ases a Bordo – Ana Luiza Ogg Strauss & André Strauss – http://www.asesabordo.com.br/top5/

 

24 – Lala on the road – Manuela Andrade – http://www.lalaontheroad.com/?p=591

 

25 – Para a Disney e Além! – Carlos e Isabel Monteiro – http://www.paraadisneyealem.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-cinco-melhores.html

 

26 – Rascunhos de Fotografia – Jamille Andrade – http://www.rascunhosdefotografia.com.br/blogagem-coletiva/

 

27 – Batendo perna pelo mundo – Amanda Lago – http://www.batendopernapelomundo.com/2015/02/viajando-em-familia-nossas-5-melhores.html

 

28 – Colagem – Luciana Misura

http://luciana.misura.org/2015/02/22/5-melhores-viagens-com-criancas-blogagem-coletiva/

 

29 – Do RS para o Mundo – Andrea Almeida Barros

http://dorsparaomundo.blogspot.com.br/2015/02/as-5-melhores-viagens-em-familia-6.html

 

30- Viajar hei – Patricia Longo Tayão.

http://www.viajarhei.com/2015/02/nossas-melhores-viagens-em-familia.html

 

31 – Familia Viagem – Simone Hara & Mônica Souza

http://www.familiaviagem.com.br/2015/02/22/blogagem-coletiva-nossas-5-melhores-viagens-em-familia/

 

32 – Cantinho de Ná – Cynara Vianna

http://cantinhodena.com.br/nossas-5-melhores-viagens-em-familia/

 

33 – Bora com a Gente – Andréa Lopes

http://boracomagente.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores.html

 

34-Os Caminhantes-Marcia Tanikawa

http://oscaminhantes.com/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores-viagens-em-familia.html

 

35- A Próxima Parada-  Aressa Baffi

http://aproximaparada.blogspot.com.br/2015/02/postagem-coletiva-melhores-viagens-em.html

 

36- Viajando de Carro – Rosângela LVS

http://viajandodecarro.com.br/?p=6127&preview=true

 

37 – Espelho de si – Trícia Ferreira http://www.espelhodesi.com.br/2015/02/bc-as-5-melhores-viagens-em-familia.html

 

38- Roteiro Renatours – Renata Ungier

https://roteirorenatours.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-nossas-5-melhores-viagens-em-familia/

 

39 – E aí, Férias! – Camila Faria http://www.eaiferias.com/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-melhores-viagens-em-familia.html

 

40 – Guaciara Rhein – Guaciara Rhein http://guaciara.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-5-melhores-viagens.html

 

41 – Vou Viajar – Lu Aquino – http://vouviajar.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-3-viagens-classicas.html

 

42 – Viagem com Gêmeos – Erica Piros Kovacs: http://viagemcomgemeos.com/2015/02/25/blogagem-coletiva-nossas-melhores-viagens/

 

43 – Desempilhados – Tati Rosa Domingues

http://www.desempilhados.com/2015/02/uskudar-turquia-lakeridge-orlando-florida-portorico-shark-encounter-gansbaai-mergulho-tubarao.html

 

44 – Malas e Panelas – Andrea Martins http://malasepanelas.com/viagens-em-familia-nossas-5-melhores/

 

45 – Inventando com a Mamãe – Chris Ferreira – http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/2015/02/nossas-5-melhores-viagens-em-familia.html

46 – O Mundo Disney – Daniele Dias

http://omundodisney.com/2015/02/28/blogagem-coletiva-as-5-melhores-viagens-em-familia/

47 – Malas & malinhas – Bárbara Calmeto – https://wwwmalasemalinhas.wordpress.com/2015/02/28/blogagem-coletiva-5-melhores-destinos-em-familia/

5 lojas de roupa de criança em Paris

Algumas foram incontornáveis para mim há alguns anos, quando Dudu era bebê. Outras, são eternas. Algumas são meio caras, mas valem para aquela roupinha do batizado ou do casamento da titia. Outras, garantem o guarda-roupa básico a preços interessantes. Casuais ou chiques, são sempre lindas. Boas dicas para pais e avós que estejam pela capital mundial da moda.

No post 5 lojas de brinquedos em Paris, eu comentei sobre a Rue Vavin, pertinho do Jardin de Luxembourg, que é o paraíso das mães saudosas e avós exageradas. Quase todo o comércio da rua é de artigos infantis. A maioria das lojas citadas aqui têm uma filial neste endereço que eu adoro…

cópia de dpam

1) Du pareil au même

Desde que o Dudu tem uns 6 ou 7 anos, ela se tornou minha favorita. Roupas super “descoladas” para os meninos, diferentes do habitual. Mas, na verdade, tudo ali é fofo, seja para bebês, crianças e até adolescentes, de ambos os gêneros!

Há várias filiais, mas eu costumo comprar pertinho do meu hotel, no Boulevard Saint Germain 168.

 

2) Petit Bateau

É um ícone francês. O algodão que eles utilizam nos bodies, camisetinhas, pijamas e “underwear” é inigualável. Não é barata, mas vale à pena. Muitas vezes, fazem promoções super convidativas. Quando Dudu estava em fase de desfralde (na transição de bebê para menino grande 🙂 ) eu só comprava cuequinhas Petit Bateau.  A linha gestante deles também é excelente, atualmente tem bastante coisa até para adulto. Para os maiorezinhos, eu já fui apaixonada pelas roupinhas “sociais”, mas hoje em dia acho que deu uma caída… Não tenha dúvidas, porém, quanto à linha básica de itens de malha: você não vai encontrar melhores!

Você vai tropeçar nesta loja em todos os bairros, inclusive na Avenue des Champs Elysées. Para seguir o roteiro Rive Gauche (a margem esquerda do Rio Sena, onde eu mais gosto de me hospedar e passear), vou te dar um endereço em Saint Germain: 53 bis Rue de Sèvre.

 

3) Gap

Ok, nenhuma novidade, você já está cansada (o) de saber que a Gap é um dos melhores lugares do mundo pra fazer um enxoval de criança. Mas eu não poderia deixar de citá-la, para te lembrar de que ela também está presente em Paris e que, mesmo em euros, os preços valem muito à pena. Tem uma no Marché Saint-Germain, bem em frente ao Hotel Clément, onde sempre me hospedo. O endereço do shopping é Rue Lobineau 14, mas tem entrada pelas quatro ruas que formam a quadra, inclusive pela Rue Clément.

 

4) Jacadi

Roupas super clássicas e elegantes, para aquele evento especial. Dudu teve umas blusas de malha lindas, de manga longa e gola tartaruga, que o deixavam chiquérrimo! Rsrsrs As calças sociais são uma graça, de ótima qualidade. Você tem noção do que são os vestidinhos?!

A que eu costumava frequentar fica na Rue Vavin 26.

 

5) Geox

Aqui eu faço um pequeno desvio para uma recomendação de sapatos. Apesar de que a Geox tem uma linha bem bacana de roupas… Mas os sapatos são incríveis! A sandália de borracha é tão linda e confortável que, a cada ano, eu compro igual, um número acima. Eles tem uma tal tecnologia Geox Respira, em que a umidade não passa para dentro, somente para fora. E como ninguém é de ferro e mãe também é gente, aproveite para olhar a sessão feminina. Vai ser difícil resistir às sapatilhas e mocassins. O mesmo vale para a sessão masculina. Não é uma loja barata, mas a qualidade compensa cada euro investido, na minha modesta opinião…

Tem uma ali pertinho do hotel também , no Boulevard Saint Germain 144.

 

A boa notícia é que roupa de criança ocupa pouco espaço na mala. 😉 Agora é só ir às compras!

5 lojas de brinquedos em Paris

Quando a gente viaja com crianças, sempre procura saber onde está a melhor loja de brinquedos do local, especialmente quando o destino inclui uma grande cidade como Paris, Londres, Nova York, Miami, Berlim… Então, os pais têm toda aquela conversa com o pequeno, de que ele pode escolher apenas x presentes, ou só pode gastar tantos “dinheiros”, etc. Até aí, tudo muito simples.

Difícil é controlar uma mãe que viaja a trabalho, sem os filhos. A coitada está morrendo de saudades e pensa nas crianças o tempo inteiro. Quando entra na loja de brinquedos, quase precisa ser colocada em uma camisa de força. Principalmente, se ela estiver viajando apenas com bagagem de mão, sem muito espaço para encaixar a Bat Caverna ou o Castelo de Diamantes da Barbie…

Bem, isso posto, passemos às dicas de quem já escapou por um triz da camisa de força e já cometeu alguns excessos quanto ao tamanho da bagagem, mas que atualmente só traz camisas de times do futebol europeu (beeeem mais caras, aliás, do que os jogos e brinquedos que trazia antigamente rsrsrsrs).

 

L'Arche de Noé, na Île St Louis
L’Arche de Noé, na Île St Louis. Fonte: blog Última Parada

1) L’Arche de Noé

70 Rue St-Louis-en-Ile, 75004

Esta loja super mega fofa fica na Île St Louis, quase em frente à Pylonnes, outra que merece a visita. Tem brinquedos educativos, de madeira, fantoches artesanais, toda a linha do Pequeno Príncipe e outras preciosidades que você definitivamente não encontra na Toys’r’us.

 

2) Lojas de departamentos

Le Bon Marché, Printemps e Galleries Lafayette em Paris, mas também o Harrods em Londres, todos os grandes magasins possuem sessões de brinquedos de tirar o fôlego até mesmo dos pais mais comedidos. Foi na Lafayette que comprei o presépio do Playmobil, lindo de morrer!

 

3) Imaginarium

7 Rue Bréa, 75006, Paris

Voltada para os bem pequeninos, tem itens para bebês super diferentes e uma variedade incrível de brinquedos educativos. Dudu tem até hoje um livro interativo, que vem com cartelas de cenários, dedoches, bonequinhos e outros acessórios, além de botões com sons diversos, tipo batidas na porta, vento uivando, caldeirão borbulhando e galo cantando, para você contar as histórias que quiser, do seu próprio jeito. Fica quase na esquina da Rue Vavin, perto do Jardin de Luxembourg, onde você encontra uma loja de roupa de criança ao lado da outra.

 

Imaginarium
Imaginarium

4) Fnac Junior

19 Rue Vavin, 75006, Paris

A dois passos da Imaginarium, na rua favorita das mães surtadas 😉 , está esta versão da famosa loja de livros, cds e dvds, inteiramente voltada para o público infantil. Tem um considerável acervo de jogos e brinquedos também, inclusive para bebês.

 

5) Nature et Découvertes

Le Carrossel du Louvre, 75001 (esta é minha filial favorita, mas há outros endereços!)

Não é exatamente uma loja de brinquedos. Tem todo o tipo de acessórios e bugingangas para aventureiros e amantes da natureza de todas as idades, inclusive crianças. A sessão infantil é repleta de livros, brinquedos e jogos com foco no espírito explorador. Adoro!

 

Agora, é só se preparar para o excesso de bagagem. De qualquer modo, cada uma destas lojas é um programa em si, com produtos muito diferentes dos já bastante conhecidos. Vale visitar mesmo sem comprar! Difícil é resistir…

 

 

5 dicas de uma chef brasileira em Paris

Joana Carvalho vive em Paris há 5 anos. Natural de Barra do Piraí, interior do estado do Rio de Janeiro, vem preparando delícias em lugares como Le méridien, Traiteur Lenôtre e Restaurant Pré-Catelan. Já ministrou uma série de oficinas de cozinha para crianças no Jardin d’Acclimatation e exercitou seus talentos de chefe patissière em boulangeries como Le Coquelicot e La Pompadour. Há dois anos, fundou sua Cuisine Rouge, onde dá cursos de culinária e Food Design, além de organizar jantares gourmet personalizados, em seu próprio apartamento em Montmartre.

Então, seremos brindados hoje com as 5 recomendações gastronômicas preciosas desta talentosa chef. Com a palavra, Joana Carvalho!

 

Joana Carvalho, chef brasileira em Paris
Joana Carvalho, chef brasileira em Paris. Fonte: Cuisinez au naturel
No Jardin d'Acclimatation, as crianças aprendem os segredos da patisserie
No Jardin d’Acclimatation, as crianças aprendem os segredos da patisserie

 

1- Todas as tortas de fruta da Tarterie les Petits Mitrons, que fica em Montmartre, na Rue Lepic.
Elas são simples e despretensiosas, ácidas na medida certa e o melhor, caramelizadas por baixo. Ainda não consegui descobrir o segredo deles, mas me aguardem. Provar frutas que não existem no Brasil como mirabelles ou ruibarbo, uma boa experiência gastronômica.
2-Comida vietnamita no Tintin, 17, rue Louis Bonnet no 11eme, principalmente se você é fã dos sabores agri-doces e texturas leves e frituras crocantes da cozinha asiática.
3- Le Caillebotte, neobistrot, ou seja, a cozinha de bistrot tipicamente francesa em versões mais leves e modernas, decoração de cores claras e materiais simples. O chef Franck Baranger, depois do sucesso do seu bistrot mais tradicional, o Pantruche, que ganhou vários prêmios nos guias da cidade resolveu apostar nesse novo projeto igualmente bem-sucedido, apesar do pouco tempo. Preços bacanas e excelente carta de vinhos.
4- Qualquer restaurante judeu da Rue de Rosiers, no Marais, você vai comer os falafels mais crocantes e saladas fresquinhas em forma de sandwiches ou em pratos cheios de variedade para as papilas. Hummmm
5- E a minha feijoada. Se bater saudade do Brasil em Paris é só ligar que eu recebo em casa ou levo até você uma feijoada especial, com linguiças francesas e carne seca, farofa, couve refogadinha, mandioca frita, laranja. Com direito a caipirinhas e já descrita como “a alta costura da feijoada”, por uma fã que não é a minha mãe 🙂
Clique aqui para acessar a página do Cuisine Rouge, laboratório onde Joana serve jantares em casa, dá cursos e testa as receitas dos projetos mais variados, que falam da sua maior paixão: comida!!!
Que tal um almoço gourmet a dois, num típico apartamento parisiense?
Que tal um almoço gourmet a dois, num típico apartamento parisiense?
Em sua Cuisine Rouge, Joana organiza jantares personalizados
Em sua Cuisine Rouge, Joana organiza jantares personalizados
A receita destas Aiguilletes de frango em tempura de cerveja estão no site Cuisinez au naturel
A receita destas Aiguilletes de frango em tempura de cerveja estão no site Cuisinez au naturel
Hoje estou embarcando para Paris. Espero experimentar alguma destas delícias! E você, ficou com água na boca?

5 obras de arte em Nova York

Nova York é uma das cidades mais atraentes do mundo para quem gosta de arte. Ela abriga alguns dos museus mais importantes do globo. Mais uma vez, é tarefa impossível elencar somente 5 obras, mas vou fazer uma escolha afetiva – como sempre – e deixar o espaço dos comentários pra você me contar as suas preferências, assim vai ficar mais divertido! Uma coisa é certa: deixar Nova York sem ter feito uma visitinha a estas verdadeiras referências culturais seria uma perda lastimável…

Não vou me estender nos comentários sobre cada obra. Sou uma apreciadora, não uma profunda conhecedora. Pelas minhas escolhas, você vai ver que tenho uma certa preferência pelos artistas do final do século XIX e século XX. Mas acredito, acima de tudo, que um quadro se torna um favorito pelo poder que ele tem de me impactar, de me prender, de me tocar emocionalmente. Então, minha seleção não segue um critério definido. Quadros que eu amo e pronto. Sem explicação.

 

1 – Dança (Henri Matisse) – Museu de Arte Moderna (MoMA)

Todo mundo conhece esse quadro, é um dos mais famosos da história da pintura, mas vê-lo ao vivo, em tamanho natural, me trouxe borboletas ao estômago.

Matisse: Dance
Matisse: Dance

 

2- Panel for Edwin R. Campbell, números 1 a 4 (Vasily Kandinsky) – Museu de Arte Moderna (MoMA)

Esta série de enormes painéis mostram a força da pintura de Kandinsky e me mantiveram hipnotizada por um longo tempo em frente a eles.

Kandinsky: Panel for Edwin R. Campbell n. 4
Kandinsky: Panel for Edwin R. Campbell n. 4

3- Noite estrelada (Vincent Van Gogh) – Museu de Arte Moderna (MoMA)

Minha visita ao MoMA foi a primeira vez em que vi um Van Vogh pessoalmente. As reproduções não traduzem nem de longe a textura e a vida que salta aos olhos no quadro original. Foi um momento único e inesquecível.

Van Gogh: The starry night
Van Gogh: The starry night

4- The dancing class (Edgard Degas)Metropolitan Museum of Art

O Met possui um enorme acervo da obra de Degas, entre pinturas e esculturas, de impressionante sensibilidade. Meu amor pelo ballet faz com que o conjunto me toque particularmente.

Degas: The dancing class
Degas: The dancing class

5- The unicorn tapestries (arte medieval, sul da Holanda) – The Cloisters

As sete tapeçarias que compõe a série do Unicórnio estão expostas neste claustro medieval trazido pedra por pedra da Europa, e que faz parte do sistema do Metropolitan Museum. Sou fascinada pela Idade Média, e estas belíssimas tapeçarias constituem uma das mais expressivas referências da arte deste período.

The unicorn in captivity
The unicorn in captivity

 

E você? Quais as obras de arte que mais te emocionaram? Ainda vou escrever sobre minhas preferências em outras cidades, mas estou louca para conhecer as suas! Escreve aqui nos comentários, estou esperando…

5 programas favoritos do Dudu no Rio de Janeiro

Minha pequena família é nascida e criada no Rio de Janeiro. Nesta semana dedicada a destinos brasileiros, achei que seria uma boa ideia compartilhar com você as preferências do  Dudu aqui mesmo, na nossa cidade, tão propícia para o turismo. Perguntei a ele quais os 5 favoritos, e ele deu ótimas dicas! Tem carioca que diz: “eu moro onde os outros tiram férias”… Seguem, então, opções comprovadamente perfeitas para um fim de semana em família.

 

1- Praia

A opção mais óbvia! A pergunta mais frequentemente formulada pelo carioca é: será que vai dar praia? O blog Tempo Junto já até publicou um post muito legal com brincadeiras na areia, que teve participação do Dudu (ele é super amigo da Carol, filha da blogueira Patrícia Marinho). Se você for com crianças, existem dois “points” certeiros: O Ipabebê e o Baixo Bebê do Leblon. Eu prefiro, de longe o Ipabebê. Fica em frente à Rua Joaquim Nabuco, pertinho do Arpoador. Trata-se de uma associação organizada pela incrível Viviane Oliveira, em que os sócios contribuem para manter a limpeza, a segurança, o bom estado dos brinquedos e até mesmo festas e atividades diversas. O Ipabebê é aberto a todos, você não tem que ser sócio para frequentar! Tem estacionamento de carrinhos e o moço do quiosque coloca a água de coco fresquinha na mamadeira pra você…

 

No Posto 6, o destaque do cenário é o Forte de Copacabana
No Posto 6, o destaque do cenário é o Forte de Copacabana
Primeiros contatos com o mar de Ipanema
Primeiros contatos com o mar de Ipanema
Festa junina no Ipabebê
Festa junina no Ipabebê
Dudu fez amizades no Ipabebê que duram até hoje!
Dudu fez amizades no Ipabebê que duram até hoje!
Sossego em Grumari
Sossego em Grumari
Dudu e Carol na praia do Leblon
Dudu e Carol na praia do Leblon
Entendeu por que as pessoas aplaudem o por do Sol no Arpoador?
Entendeu por que as pessoas aplaudem o por do Sol no Arpoador?

 

2- Jogar bola na Lagoa

A Lagoa Rodrigo de Freitas é um dos lugares mais lindos e bem aproveitados do Rio. Os quiosques ao redor oferecem inúmeras opções gastronômicas, há quadras de esportes, pista de skate, parquinhos infantis, uma enorme ciclovia e o cinema Lagoon, um dos melhores do Rio, que inclui ainda um complexo de restaurantes. Uma das coisas que o Dudu mais gosta de fazer no fim de semana é “aparecer” na quadra de futebol que fica na altura do Corte do Cantagalo, quase em frente ao Parque da Catacumba (também um programão, aliás!). Sempre há meninos jogando bola, é só chegar e participar. Dá pra ficar a manhã inteira nesta curtição. Depois, é tomar uma água de coco no quiosque Palaphita Kitch, para relaxar e apreciar a paisagem.

Os meninos se esbaldam no futebol da Lagoa
Os meninos se esbaldam no futebol da Lagoa
Vêm meninos de todas as idades! E tem sempre um pai pra ajudar a dividir os times...
Vêm meninos de todas as idades! E tem sempre um pai pra ajudar a dividir os times…
Merecido descanso
Merecido descanso

 

3- Maracanã

Não tem jeito, é a paixão nacional. Desde pequeno, Dudu já acompanha o papai na torcida pelo Fogão! Os momentos de maior emoção foram nas três vezes em que ele entrou em campo como mascote. Se tiver a oportunidade de estar no Rio em dia de jogo, não deixe escapar!

Torcendo pro Fogão, com a camisa autografada pelo Seedorf
Torcendo pro Fogão, com a camisa autografada pelo Seedorf
Tarde no Maraca
Tarde no Maraca

4- Theatro Municipal

Dudu foi acostumado com música desde a barriga. Aos 3 anos pediu pra estudar violino. Hoje em dia, é meu grande parceiro de Municipal, lugar que faz parte da minha história desde meus 5 anos. Juntos, já presenciamos concertos de grandes nomes da música, viver isso ao lado dele é uma experiência mais do que especial! O teatro é belíssimo e, por si só, vale a visita. Faz parte do lindo conjunto arquitetônico da Cinelândia, com o Museu de Belas Artes e a Biblioteca Nacional. Pérolas do Rio antigo….

A árvore de Natal do Theatro Municipal: enfeitado para o tradicional Quebra Nozes
A árvore de Natal do Theatro Municipal: enfeitado para o tradicional Quebra Nozes
O belo edifício histórico que é lar da música clássica no Rio
O belo edifício histórico que é lar da música clássica no Rio
Depois do concerto, o troféu: autógrafo e foto com o grande ídolo Joshua Bell
Depois do concerto, o troféu: autógrafo e foto com o grande ídolo Joshua Bell

 

5- Livraria da Travessa

É o perfeito complemento para o futebol na Lagoa! Além da área de leitura para as crianças, existe o delicioso restaurante Bazzar dentro da Travessa. Depois da água de coco no Palaphita, a gente vai passeando pela orla da Lagoa até a esquina da Rua Aníbal de Mendonça. Entramos em Ipanema por ali e  chegamos à Rua Visconde de Pirajá, já do ladinho da livraria mais legal da cidade, para um almoço caprichado e uma leitura sossegada. Nosso programa favorito para manhãs de sábado ou domingo.

 

Dudu se sente em casa na Livraria da Travessa
Dudu se sente em casa na Livraria da Travessa

 

E aí, o que você está esperando pra trazer seus filhotes para a Cidade Maravilhosa? O Dudu garante que eles vão se divertir!

5 restaurantes especiais em Teresópolis – RJ

O inverno está acabando, mas ainda dá tempo de curtir um friozinho na serra! E eu aproveito que hoje é o dia da pátria, para publicar meu primeiro post sobre destinos brasileiros.

Frequento Teresópolis desde a vida intra-uterina e tenho uma relação mais do que afetiva com esta cidade da região serrana, que fica a 1h30min do Rio de Janeiro. Lá, meus pais têm uma casa que é ponto de encontro da família e dos amigos. Hoje em dia, Terê é mais conhecida como a sede da seleção brasileira de futebol, mas seus maiores tesouros são, de fato, o clima e a natureza, além dos excelentes hotéis e restaurantes.

Ficam aqui as recomendações dos meus 5 restaurantes preferidos. Todos são perfeitos tanto para um jantar romântico como para levar as crianças.

 

Comendo bem e curtindo a natureza em Terê
A natureza exuberante de Teresópolis

1- Dona Irene

Rua Tenente Luiz Meirelles, 1800, Bom Retiro. Tel: (21) 2742-2901

O banquete completo tradicional da nobreza russa do século XIX é um clássico há 40 anos. Irene era uma jovem nobre, apaixonada por culinária. Quando houve a Revolução de 1917,  sua família fugiu para a China e de lá, ela e o marido perambularam até chegar em Teresópolis, veja só! Eles logo fizeram amizade com o casal Emília e Hisbello, que se tornou a família deles no Brasil. Dona Irene e Seu Miguel (como eram conhecidos aqui, pois os nomes russos eram complicados…) já se foram há alguns anos, mas Emília e Hisbello perpetuam a tradição. O ambiente é perfeito, desde o atendimento até a decoração (as tradicionais pinturas no teto e paredes foram feitas por uma das filhas de D. Irene). A casa é repleta de fotos e objetos que pertenceram ao casal, inclusive uma fotografia em preto e branco de D. Irene jovem, vestida com a roupa típica de uma princesa russa. Ao fazer a reserva, você escolhe apenas o prato principal. Uma sequência interminável de maravilhosas entradas quentes e frias quase o torna dispensável, porque você tem a sensação de nunca ter comido tanto na vida. Mas é tudo tão gostoso, tão diferente, tão delicado, que sempre dá vontade de provar o próximo. Uma dica: como o prato principal vem servido em travessas, e não no prato propriamente dito, é interessante cada pessoa pedir uma opção distinta, para que todos possam experimentar um pouco. A vodka que acompanha a refeição é produzida na casa, aromatizada e vem à mesa dentro de um bloco de gelo, o que lhe confere uma consistência licorosa. Eu não costumo tomar vodka, mas nada combina tanto com aquela culinária quanto esta clássica bebida. Ainda mais porque Seu Hisbello sempre vem à mesa conduzir o brinde em russo: Na zdaróvia!

Uma pequena observação: a casa não aceita cartões de crédito.

 

Restaurante Dona Irene
Restaurante Dona Irene
O banquete tradicional russo do século XIX
O banquete tradicional russo do século XIX

2- Manjericão

Rua Flávio Bortoluzzi, 314, Alto. Tel: (21) 2642-4242

A melhor pizzaria de Teresópolis. Na verdade, uma das melhores de todo o Rio de Janeiro. Os irmãos André e Beth são vegetarianos, então não espere encontrar presunto ou calabresa no cardápio. Para mim, as pedidas inesquecíveis são a pizza de beringela, a de pesto de manjericão, a de azeitona… Não deixe de experimentar a sangria espetacular, e reserve um espaço para a sobremesa: goiabada cascão com catupiry, derretidos no forno a lenha. Dudu começou a frequentar o Manjericão aos 3 meses, é ótimo para levar crianças. Há inclusive uma salinha com uma única mesa de 10 lugares, ideal para a família completa. Chegue cedo ou faça reserva, se não quiser ficar na fila só sentindo o aroma de pizza quentinha!

Dudu se sente em casa no Manjericão
Dudu se sente em casa no Manjericão

 

3- Crémerie Genève

Estrada Teresópolis-Friburgo, km 16. Tel: (21) 3643-6391

É o único desta lista que não está no centro da cidade, fica no chamado Circuito Terê-Fri, a rota gastronômica e hoteleira entre Teresópolis e Friburgo. A Fazenda Genève produz queijo de cabra de nível internacional. Uma vez, quando o professor francês Dominique Chaland esteve no Rio dando um curso de cadeias musculares, levei-o a Terê e ele provou os ditos queijinhos. Pois ele disse que não deviam nada àqueles produzidos na região da Borgonha, onde ele vive. O restaurante que fica dentro da propriedade oferece culinária suíça de alta qualidade. O magret de pato é de comer suspirando, a truta recheada de queijo de cabra é um espanto, as fondues e raclettes são uma pedida certeira nas noites de inverno. Durante o dia, é possível visitar o capril, as crianças adoram ver os cabritinhos. Além disso, há também um parquinho para os pequenos. E os produtos Genève estão à venda na lojinha…

 

O charme suíço da Crémerie Genève
O charme suíço da Crémerie Genève
Quando ainda não havia crianças na família...
Quando ainda não havia crianças na família…
Visitando os cabritinhos
Visitando os cabritinhos

4- Vila St. Gallen

Rua Augusto do Amaral Peixoto, 166, Alto. Tel: (21) 2642-1575

Uma pequena aldeia alemã está reproduzida neste lugar agradável, que divide seu amplo espaço entre uma cervejaria, um bistrô francês, um restaurante de fondue e a vila em si, onde se pode comprar sorvetes e chocolates, experimentar a culinária alemã, visitar a capela e degustar a já famosa cerveja Therezópolis. Atendimento excelente, cardápio interessante. Um programão!

 

Uma vila alemã em Teresópolis
Uma vila alemã em Teresópolis
A pequena capela da Vila St Gallen
A pequena capela da Vila St Gallen
A aldeia alemã da Vila St Gallen
A aldeia alemã da Vila St Gallen

 

Comida alemã e cerveja Therezópolis
Comida alemã e cerveja Therezópolis

5- Vagão

Av. Lúcio Meira, 855, Várzea. Tel: (21) 2643-3034

Parte das mesas estão na plataforma da estação, outras estão literalmente dentro do vagão de um trem antigo. Dudu simplesmente amou o clima deste restaurante de cardápio bastante variado. Os pratos têm os nomes das estações de trem de diversas cidades do mundo, trazendo um pouquinho da culinária de cada um destes lugares. O forte deles, entretanto, é a carta de cervejas. Alexandre se esbaldou nas loiras alemãs e belgas! Pode isso?! 😉

 

Cervejas alemãs em um antigo vagão de trem
Cerveja belga em um antigo vagão de trem