Direto do cinema para o aeroporto

Na coluna “Meus 5 favoritos” de hoje, o assunto é cinema. Quando parei pra pensar nos filmes que me deram uma irresistível vontade de viajar imediatamente, a lista cresceu rapidinho. Mas a proposta é escolher cinco, então fiz uma opção eclética e afetiva… Vamos lá:

 

1- Todos dizem eu te amo, de Woody Allen (EUA, 1997)

Não dá nem pra enumerar quantos filmes lindos foram rodados em Paris, mas Woody Allen, dançando com Goldie Hawn, às margens do Sena, dá vontade de sair correndo para o primeiro balcão da Air France!!!

2- Mediterrâneo, de Gabriele Salvatore (Itália, 1991)

Uma comédia deliciosa, em que um grupo de soldados italianos é deixado para trás numa pacata ilha grega, durante a Segunda Guerra. Os rapazes logo descobrem que não poderia ter lhes acontecido nada melhor! Paisagens mediterrâneas de tirar o fôlego e cinema da melhor qualidade.

3- Sob o sol da Toscana, de Audrey Wells (EUA e Itália, 2003)

Comédia romântica sessão da tarde, que te dá ímpetos incontroláveis de imitar a protagonista, partindo de mala e cuia para o interior da Itália.

4- Gabbeh, de Mohsen Makhmalbaf (Irã, França, Inglaterra e Alemanha, 1996)

Foi o primeiro de muitos filmes iranianos a que tive o prazer de assistir. Uma obra de arte cheia de sensibilidade, suavidade e beleza. A cultura persa desfiada nos detalhes de um tapete. Poucas vezes a fotografia e as paisagens em um filme me deixaram tão extasiada. Bateu um desejo de passear pelos desertos e oásis do Irã…

5- A noviça rebelde, de Robert Wise (EUA, 1965)

Por essa você não esperava, não é? Mas eu preciso confessar que, quando estive em Salzburg, em cada esquina me lembrava deste filme, um dos meus favoritos de toda a vida. A doida aqui chegou ao ponto de caminhar pela Mirabellplatz cantando Do Re Mi (na cabeça, em silêncio…), seguindo o trajeto (sem dançar…) e visualizando mentalmente a coreografia das crianças. Esse musical me lembra de como Salzburg é mágica e me faz querer voltar lá milhares de vezes.

 

As crianças von Trapp cantaram Do, Re, Mi na charmosa Mirabellplatz
As crianças von Trapp cantaram Do, Re, Mi na charmosa Mirabellplatz
Salzburg 2
Salzburg vista do convento em que viveu Maria von Trapp. Só no filme, pois na verdade a construção era uma fortaleza!

 

Esta é uma das minhas possíveis listas de 5 favoritos. E você? Que filmes te ejetam do sofá direto pro avião? Conta pra mim, aqui nos comentários! Já vou fazer a pipoca…

 

Anúncios

14 comentários sobre “Direto do cinema para o aeroporto

  1. Maria da Graça 13 de julho de 2014 / 08:40

    Ah Salzburg…! Uma das minhas maiores paixões, junto com o filme, é claro.
    O 1º filme da sua lista me deu a mesma vontade sua: Fui: vejo vocês em Paris.
    Agora, preciso fazer uma confissão compatível com a minha idade. Minha paixão pela Itália e o sonho de um dia lá estar começou com um filme do início dos anos 60 chamado “Candelabro Italiano” que eternizou a música Al Di La, cantada por Peppino de Capri.
    Para o Mediterrâneo: Zorba, o Grego.
    Adorei essa postagem.
    Bj

  2. Fernanda 13 de julho de 2014 / 09:22

    Candelabro italiano tb estaria na minha lista então, para Itália, pp Roma, sugiro A princesa e o plebeu. O filme é em preto em branco mas é um clássico e Audrey Hepburn está maravilhosa e Gregory Peck um charme. Ela era a princesa que eu sonhava em ser.
    Pra Áustria, Sissi. Amo esse filme e sempre me lembro do palácio de Schönbrunn. Tb sempre quis ser a Sissi mas não com seu final trágico. Eu tb colocaria a Noviça Rebelde pois é um dos meus Top 10. É impossível não lembrar das músicas enquanto visitamos Salzburg.
    Para Paris lembrei de 2 desenhos: O corcunda de Notre Dame pois me animei a subir a torre e ver a vista e os sinos depois dele e Ratatouille pela lembrança das comidinhas e pela paisagem.
    Amei o post pois estou “viajando” até agora.

    • Renata Ungier 13 de julho de 2014 / 09:53

      Lembro de você criança apaixonada pela Sissi… Belas escolhas!

  3. Eliane 13 de julho de 2014 / 17:25

    Inspirada pelas suas escolhas, começaria com Woody Allen, com ‘Meia Noite em Paris’, pq nos acontece de mudar de viajar no tempo sem sair de uma mesa de um café ou bistrôt; no oposto tem um filme dos anos 80 “Out of África” que me dá muita vontade de ir para aquela intensidade sensorial da natureza; tb ” Shirley Valentine” me tocou muito nos anos 80 para abandonar td e ir pra Grécia, que ainda não fui; compartilho com vc “Sob o sol da Toscana”, pq a Toscana com fundo musical do Sting é infinita e nessa geografia juntaria “Beleza roubada” Adorei a brincadeira Renata. Bjo

    • Renata Ungier 13 de julho de 2014 / 20:12

      Adorei todos os seus filmes, Eliane! Out of Africa e Meia-noite em Paris facilmente estariam na minha lista também… Difícil escolher, né? Obrigada por participar!

  4. Flavio Carvalho 13 de julho de 2014 / 20:03

    Meia noite em Paris, sem dúvida !

    • Renata Ungier 13 de julho de 2014 / 20:15

      Foi uma decisão difícil! Fiquei entre os dois até o último instante! Mas, na verdade, gosto mais do filme Meia-noite em Paris, porém a cena da dança às margens do Sena é, por si só, um dos meus momentos favoritos na história do cinema. Quase roubei na brincadeira e coloquei os dois! 😉
      Obrigada por entrar na brincadeira!

  5. Maria Luiza 13 de julho de 2014 / 21:31

    Não sei se os colocaria como favoritos, mas esses dois filmes me apresentaram cenários que não conhecia e que me encantaram: Cassino Royale (Montenegro) e A proposta (Sitka no estado do Alasca). Mas falar de cinema e viagem é papo sem fim!! Ah … adorei todas as escolhas anteriores!

    • Renata Ungier 13 de julho de 2014 / 22:11

      Hummmm…. Preciso assistir a esses dois! Cassino Royale já vi, mas não lembro… A proposta acaba de entrar na wish list! Obrigada pelas indicações!

  6. erica 16 de julho de 2014 / 17:17

    Fiz uma lista que não é a dos meus filmes preferidos. São 5 filmes que, sempre que assisto, me fazem querer viajar.

    A PRAIA – pra algum paraíso na Tailândia.

    VICKY CRISTINA BARCELONA – passar 3 meses fora, estudando. Como a viagem é longa, aproveitaria para ir para a Costa da Itália, onde o CARTEIRO E O POETA foi filmado.

    O DESPERTAR DE UMA PAIXÃO – China China China! E Transiberiana para a Rússia.

    O CÉU QUE NOS PROTEGE – amo o deserto. Qualquer canto no norte da África. Marrocos, Líbia.

    UMA NOITE SOBRE A TERRA – fissura de ir para a Finlândia sentir frio e ver a aurora boreal.

    Adorei a proposta!
    beijos

    • Renata Ungier 16 de julho de 2014 / 18:04

      Que lista bacana! Dá vontade de ver tudo de novo! Obrigada por participar da brincadeira…

  7. Gustavo Monteiro de Barros 22 de julho de 2014 / 20:48

    Difícil, muito difícil, selecionar 5 filmes que me marcaram a existência. Se puder aumentar essa lista para os 40 melhores eu me habilito…rsrsrs
    Da seleção apresentada, minha preferência é por A Noviça Rebelde; quantas vezes passa na TV, tantas vezes eu assisto!
    Em uma praça central de Salzburg há passeios que visitam as locações do filme com amplos e curiosos esclarecimentos. O ambiente dos ônibus é integralmente voltado para o filme. Nosso guia ofereceu um brinde para quem cantarolasse os primeiros versos do tema principal.
    “Doe, a deer, a female deer…” os passageiros cantaram quase em uníssono ! Todos perderam.
    Ganharia quem cantasse :” Let´s start from the very beggining…”
    Quem fizer o passeio pode se habilitar.

    • Renata Ungier 22 de julho de 2014 / 20:55

      Muito bom! Obrigada pelo comentário! Eu teria acertado o desafio… 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s